DESTAQUES

15 de abr de 2012

Pilhas e baterias: uma oxidação útil


Bateria de níquel-cádmio: presente em telefones.
Pilhas e baterias são dispositivos nos quais uma reação espontânea de oxirredução produz corrente elétrica. 
Não é apropriado saber sobre a aplicação dos vários tipos de pilhas e baterias sem antes saber a diferença entre estes dois dispositivos. A unidade geradora básica é denominada célula (pilha). A tensão fornecida por uma célula pode ser insuficiente para operar os equipamentos, de forma que duas ou mais são associadas em série, formando conjuntos: as baterias.

Conheça agora as principais pilhas e baterias juntamente com suas aplicações:

Pilhas alcalinas comuns: tem como base os elementos zinco/manganês. São utilizadas para dar vida aos brinquedos, luz às lanternas, som aos rádios, autonomia aos controles remotos, entre outros.


- As chamadas pilhas especiais de níquel-metal-hidreto e de íons de lítio foram produzidas especialmente para o uso em filmadoras e notebooks.

- A pilha especial de zinco ar é usada para dar audição aos surdos, ela faz funcionar os aparelhos auditivos.

- As pilhas do tipo botão miniatura são aquelas encontradas em calculadoras, equipamentos fotográficos, relógios, sistemas de segurança e alarmes.


As baterias quando não são mais utilizadas devem ser descartadas, mas não em qualquer lugar. De acordo com a resolução 257 e 263 do CONAMA, você deve devolvê-las ao fabricante.

Bateria de óxido de mercúrio: utilizada em instrumentos de navegação e aparelhos de medição e controle.

Baterias de níquel-cádmio: são as recarregáveis, podemos encontrá-las no telefone celular, telefone sem fio, rádios, barbeadores, etc. Elas possuem a vantagem da recarga, o que prolonga a vida útil.

FONTE:Equipe Brasil Escola

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...